Piauiense Lair Guerra é uma das indicadas ao Prêmio Nobel da Paz

4575

O Piauí está em alta na mídia nacional nos últimos dias. Além da coroação de uma linda piauiense como Miss Brasil, tivemos um importante acontecimento na área da medicina, com a indicação do Prêmio Nobel da Paz à Doutora Lair Guerra de Macedo, infectologista, gestora pública e professora de microbiologia, lecionando na UFPI e na UNB.

Lair Guerra fez pós-graduação no Centro de Controle de Doenças (CDC) em Harvard, nos Estados Unidos. De volta ao Brasil, foi diretora do Programa de Saúde Materno-Infantil do Ministério da Saúde, iniciando o programa brasileiro de DST/AIDS em 1986. Lá atuou por dez anos com muita determinação e garra, conseguindo recursos do Banco Mundial, com os quais qualificou e treinou muitos profissionais para o combate às DST/AIDS.

Sua história merece aplausos e inspiração por abrir caminhos em uma época marcada por tanto preconceito em torno de uma doença ainda desconhecida e estigmatizada; por estudar e trabalhar em um ambiente predominantemente masculino, principalmente, na área de pesquisa, e também por ser uma mulher com coragem e perseverança de lutar e ajudar pessoas desamparadas pelo estigma da DST/AIDS, através do treinamento de tantos profissionais.

Mulheres como Lair Guerra nos motivam a acreditar em nós mesmas, mostrando que temos capacidade de adentrar no mundo profissional indo além do comum, quebrando barreiras, deixando nosso nome no mercado como inovadoras.

Prova disso é que com seu trabalho a Dr. Lair criou centros de referência para o tratamento de pacientes com o vírus, motivou a criação e manutenção de organizações não governamentais e ainda gerou o programa de teste de vacina para prevenção do AIDS. Respeitada e sempre ativa na área, acabou representando o Brasil em reuniões da Assembleia Mundial de Saúde, em Genebra. Por três vezes.

Como reconhecimento de sua luta contra a AIDS, a Confederação Brasileira de Mulheres e o Instituto Internacional para o Desenvolvimento da Juventude concederam a ela o título de Personalidade da Década. Agora, merecidamente, a Doutora Lair é a personalidade indicada para receber o Prêmio Nobel da Paz.

Parabéns Doutora Lair Guerra, os piauienses estão orgulhosos de você. E nós, mulheres, estamos felizes e gratas por ter uma mulher forte, inteligente e que não tem medo de enfrentar o desconhecido para lograr êxito no objetivo de fazer o bem, como incentivadora de nosso caminho profissional!

Por Joana Machado Ribeiro

Deixe o seu comentário