Yoga ajuda crianças a alcançarem melhor os seus objetivos – por Juliana Fiúza

278

Todos os que fazem yoga sempre dizem: “Há se eu tivesse começado a fazer yoga mais cedo, teria evitado muito sofrimento desnecessário, teria tido uma vida mais leve”.

Pois é…

Existem muitas crianças hoje em dia com problemas sensoriais, de compreensão e percepção do mundo, também com timidez, falta de concentração e foco. Os especialistas nestes distúrbios têm feito pesquisas e dizem que o Yoga ajuda as crianças a atingirem seus objetivos e a lidarem melhor com todos as mudanças de seu crescimento e com as cobranças sociais.

É provado que Yoga melhora a força, a concentração, o relaxamento e mais, os especialistas dizem que Yoga pode também ajudar as crianças a socializarem em suas casas e escolas.

O fundador de uma escola americana chamada Yoga4Kids, Suzie Manson, disse que as crianças afetadas por problemas sensoriais como o transtorno do déficit de atenção, hiperatividade, e outras dificuldades na aprendizagem como a dislexia e autismo podem se beneficiar com a prática de Yoga.

Ela acredita que as crianças que vivem no mundo de hoje estão tornando-se mais e mais propensas a condições como depressão e ansiedade. Se para nós a sociedade é caótica, nossas crianças recebem o resultado diariamente da ingerência dos pais em torno de suas próprias vidas.

Horas em celulares e na frente da televisão, pouco ou nenhum contato com a natureza e a quase ausência de atividade física aliadas a uma alimentação rica em açúcar tem afetado muito a saúde das crianças no mundo inteiro, principalmente nos países mais ricos.

Manson disse: “O Yoga pode ajudar as nossas crianças a combater o stress e terem uma melhor percepção de si mesmas”.

Uma pratica regular de Yoga ajuda crianças com diversos tipos de distúrbios não só a relaxar, mas ajudam-nas a ganhar o espaço interno necessário para navegarem através dos desafios da vida.

Uma instrutora de Yoga infantil com quem estudei na Índia chamada Andrea Laubstein, afirma que yoga beneficia as crianças através do desenvolvimento da confiança através da realização de suas habilidades e compreensão das suas limitações.

Ela também acrescentou que ao aprender sobre e aceitar e apreciar seus corpos como são, as crianças desenvolvem um senso de valor próprio mais firme o que lhes abre para definirem até mesmo metas em suas mentes. E este será definitivamente um impulsionador da confiança nelas.

“A autoconfiança cresce quando rompemos barreiras que talvez nunca tenhamos pensado ser possíveis romper. Yoga é a prática de ligar mente com o corpo para superar não só nossas limitações físicas, mas também nossas limitações mentais”, explicou Laubstein.

Laubstein também diz que qualquer criança pode fazer yoga. A idade não é nenhuma barreira e os bebês podem começar a partir dos 2 meses para desenvolver a consciência do corpo e a ligação com suas mães.

Ela diz: “Yoga ajuda o bebê nos passos do desenvolvimento que o levam a andar. Também é maravilhoso para bebês que já engatinham, sendo adaptado para seus corpos e mentes que começam a se mexer com mais velocidade. Crianças mais velhas podem fazer yoga de uma maneira muito mais divertida, se valendo de jogos, músicas, brincadeiras e histórias”.

Uma vez que tenham crianças mais velhas, as aulas podem até mesmo tratar de meditação e anatomia, sendo as posturas muito mais bem detalhadas.

Com muitos professores certificados ao redor do mundo mostrando dia após dia os benefícios desta prática, não é difícil encontrar nas cidades, nas redes sociais, em livros rico material a respeito deste assunto.

As crianças certamente se beneficiarão com a prática e serão mais capazes de lidar com a ansiedade, com o stress, com suas emoções e com suas descobertas, tornando-se mais facilmente pessoas adultas satisfeitas com a vida.

Juliana Fiúza

Terapeuta do Corpo, da Linguagem e das emoções.

Deixe o seu comentário