quarta-feira, 5 agosto 2020

Janaina Coelho atua na contabilidade há mais de 20 anos e diz: “amo e admiro muito a minha profissão”

Formada em Ciências Contábeis desde o ano de 2006, já trabalhava na área antes mesmo da graduação. É prestativa, pontual e está sempre buscando novos conhecimentos na contabilidade, procurando também ampliar o seu ciclo de amizades. A contadora, além de todas as suas qualidades, tem sempre a família como base em seus projetos.

Estamos falando de Janaina Oliveira Coelho, integrante da Rede Mulheres Empreendedoras PI, proprietária do Escritório Coelho Contabilidade e nossa entrevistada deste sábado, onde comenta: “amo e admiro muito a minha profissão”. A seguir, você confere o nosso bate-papo completo e descobrirá como essa mulher de fibra iniciou a sua trajetória de sucesso.

1 – Você se formou em 2006. Como você decidiu empreender e montar seu escritório?

R – Tenho meu escritório desde 2006 que foi o ano que me formei, mas atuo na contabilidade desde 1995, que foi quando comecei no meu primeiro emprego. Decidi empreender porque vi minha cartela de clientes aumentando e precisaria de um local padronizado para atender melhor. Sou muito dedicada e compromissada. E, além de tudo, realizei o meu sonho de ter o meu próprio negócio.

2 – Empreender pode ser uma tarefa arriscada, sobretudo, no começo. No seu caso, como foi o início?

R – No início foi um pouco difícil, porque como todo negócio que começa, eu passei por algumas dificuldades como o fluxo de caixa insuficiente para suprir as despesas do escritório e poucos clientes, porque ainda não era conhecida. Mas fiz muitos cursos para adquirir mais conhecimento em minha área e fiz muitas parcerias com outros contadores e até com escritórios para conseguir me manter no mercado. Hoje, graças a Deus, eu já sigo com minhas próprias pernas.

foto-1-13 – Com o escritório próprio já são 11 anos experiência no mercado. O que você pode repassar para os empreendedores que estão começando? 

R – Como empreendedora e com minha experiência de mercado posso dizer aos que estão iniciando que  não desistam de seus sonhos por mais dificuldades que possam existir. Todo início é difícil sim, mas só com o aprendizado, as experiências e os erros é que vem o crescimento profissional.

4 – Atualmente, na Coelho Contabilidade, quais os serviços que você oferece?

R – Atualmente presto todos os tipos de serviços na área contábil como: constituição, transferências e baixas de empresas. Presto serviços na área Contábil, Fiscal e Departamento de Pessoal e imposto de renda de pessoas Físicas e Jurídicas.

5 – E para o futuro, o que você está planejando?

R – Meus planos são aumentar cada vez mais meus conhecimentos, investir mais no escritório e aumentar meu número de clientes.

 6 – Apesar do pouco tempo, como está sendo a sua experiência na Rede Mulheres Empreendedoras PI?

R – A Rede tem sido uma grande inspiração nos meus negócios, e poder fazer parte desse grupo constituído por mulheres que empreendem em diversos segmentos está abrindo novos horizontes. Estou trocando experiências e aumentando a minha rede de relacionamentos. As oportunidades estão crescendo ainda mais porque estou tendo mais visibilidade. Só tenho a agradecer ao portal, à Rede e a todas as pessoas envolvidas nesse projeto de sucesso.

Lucielma Menezes venceu as adversidades da vida, montou um negócio e diz: “ouvi muitos nãos, muitos risos, muita discriminação por ser mulher e acharem que eu não entendia nada de manutenção”

Ela é meiga, sorridente, carinhosa e muito otimista, mas também se considera muito teimosa. Quando criança morou com os avós maternos e aos nove anos foi morar com os pais. Sempre estudou em escola pública e sentia que precisava lutar muito para alcançar seus sonhos. Era tudo muito difícil, pois nas escolas faltavam professores, giz, quadros e até carteiras escolares, inclusive ela e seus colegas sentavam no chão, nas janelas ou em pedaços de tijolos. Devido à greve de professores, ela chegou até a perder um ano letivo. Porém, mesmo com as dificuldades, hoje ela é graduada em Administração de Empresas e tem especialização em Departamento de Pessoal e Recursos Humanos.

Esta história de luta e determinação é a de Lucielma Araújo Menezes, proprietária da empresa de refrigeração Fancool 23ºC e integrante da Rede Mulheres Empreendedoras PI. Desistir nunca foi opção para Lucielma. “Estudei dia e noite para recuperar o tempo. Passei no teste de ensino técnico e me formei em Técnica em Edificações pelo IFPI. As coisas ainda não estavam boas e assim que terminei meu ensino técnico fui trabalhar como cabo eleitoral de políticos. Nesse meio tempo reencontrei uma amiga do colegial que me ofereceu a vaga dela em uma construtora que ela estava estagiando”, comenta.

Depois disso, pelo seu bom desempenho no estágio, ela foi convidada a viver grandes experiências de trabalho como gerente e governanta de empreendimentos da cidade, onde adquiriu mais conhecimentos. E em seu último trabalho, antes da Fancool 23ºC, foi onde encontrou seu esposo. Lucielma tem uma história incrível como empreendedora. Para saber tudo o que conversamos com ela, leia a seguir a entrevista completa.

1 – Como surgiu a Fancool 23ºC e há quanto tempo existe?

R – Foi quando conheci meu esposo. Nossos ideais e sonhos eram os mesmos e gostávamos de coisas difíceis. Foi por causa desse sonho que surgiu a Fancool 23ºC. Primeiro me desliguei do trabalho e com o pouco dinheiro que me restou investi em minha casa. Livres do aluguel começamos a colocar em prática nosso sonho de abrir uma empresa de prestação de serviço de manutenção preventiva, corretiva e instalação em ar condicionado, pois meu marido já tinha experiência e queríamos mudar o jeito de como essa prestação de serviço era feita aqui na capital. Primeiramente, compramos um computador muito antigo, sem acesso a internet. Passamos dias para desenhar o símbolo do frio no WordPad e noites para conseguir um nome para a empresa. Queríamos um nome diferente, que não tivesse refrigeração como muitos outros. Queríamos algo que despertasse curiosidade nas pessoas e assim passávamos as nossas noites lendo livros técnicos de refrigeração e revistas especializadas. Foi então que o irmão do meu marido, o Sr. Goldberg Peixoto, teve uma ideia: “por que vocês não colocam vento frio?” (fan = vento; cool = frio). E como gostamos de coisas difíceis, resolvemos colocar tudo em inglês, então ficou Fancool 48ºF. Esse foi o primeiro nome da empresa, que ao ser registrada na Junta Comercial, percebemos que tinha um erro: os 48º na escala Fahrenheit não era a temperatura ideal em Celsius, então ficou Fancool 23ºC e o slogan “Muito Mais Frio”. Surgindo, assim, em 28 de janeiro de 2005. Hoje estamos com 12 anos no mercado contando como fundadores os irmãos Goldberg Ataide Peixoto e Stanley Ataide Peixoto, que também eram os técnicos responsáveis pela empresa até 2013, quando assumi de vez a Presidência.

2 – Como foi o início da empresa e as maiores dificuldades enfrentadas?

R – No início nada são flores, e foi o que aconteceu conosco. Começamos com apenas um funcionário e como não éramos conhecidos, resolvi fazer o que tinha aprendido como cabo eleitoral: tirei fotos do funcionário trabalhando e de ar condicionados antes e depois da limpeza, também fiz um encarte e um fardamento bem formal para mim e com pranchetas nas mãos sai de porta em porta, de clínica em clínica, de escola em escola, ou seja, de cliente à cliente. Ouvi muitos nãos, muitos risos, muita discriminação por ser mulher e acharem que eu não entendia nada de manutenção e, muitas vezes, não passava da recepção. Chegava em casa um pouco cansada, mas não desistia, pelo contrário, isso me dava mais forças para continuar no dia seguinte. Passei a ler livros de refrigeração e aprender termos técnicos, então comecei a ter mais segurança na hora de uma pergunta relacionada aos problemas que poderiam acometer um ar condicionado. Também tive uma ideia para passar da recepção nas minhas visitas: eu comecei a assistir a um programa de TV no qual apareciam todas as pessoas da alta sociedade de Teresina. Comecei a anotar em minha agenda o nome e a empresa de cada uma, então, no dia seguinte, chegava nessa empresa com o nome do futuro cliente na ponta da língua e mostrava para as recepcionistas ou funcionário que conhecia tal pessoa. Assim ficava mais fácil para vender meu peixe (risos). As vendas começaram bem, mas não tínhamos internet para enviar os orçamentos por e-mail. O jeito foi passar horas em uma Lan House no centro da capital. Quando as coisas melhoraram colocamos um telefone fixo com acesso a internet. Alugamos um ponto comercial e conseguimos mais clientes.

3 – Nesse tempo de experiência no mercado, o que você aprendeu de mais importante? 

R – Nesse tempo de experiência o que eu posso passar para quem está começando é muito pé no chão. Não desista na primeira derrota. Se você sentir que é o que você quer, lute. Mas lute honestamente, pois tudo dará certo no final.

4 – Atualmente, na Fancool 23ºC, quais os serviços que vocês oferecem e qual o público alvo?

R – Atualmente a Fancool 23ºC oferece serviços de manutenção preventiva, corretiva e instalação em ar condicionado, assim como vendas de equipamentos, peças e assessórios. Disponibilizamos também assessoria técnica em projetos de pré-instalação e orçamentos sem compromisso com sistemas operacionais de qualidade, dando mais segurança aos nossos clientes. Hoje nosso público alvo são as clínicas, hospitais, escolas privadas, construtoras, empresas privadas e outros.

5 – Quais os planos para o futuro? Pretende ampliar mais ainda o negócio?

R – A Fancool 23ºC planeja para o futuro ser a empresa pioneira nas instalações com tubos de alumínios e produtos ecológicos, como gases e etc. Sempre lutando para mostrar ao cliente que ele pode ter o melhor serviço com garantia de qualidade, pois a empresa tenta mostrar para o mercado que preço baixo não é garantia de um bom serviço.

6 – Como está sendo a sua experiência na Rede Mulheres Empreendedoras PI?

R – Conheci a Rede de Mulheres Empreendedoras através de uma estilista de moda em uma rede social. Logo de cara, me apaixonei e depois que me associei não me arrependi, pois foi na Rede que conheci muitas mulheres de garra e fibra, que também passaram por muitas coisas para manter suas empresas. Aqui na Rede encontrei novas amigas, novas vidas, novos negócios, porque, aqui também é uma Rede que trocamos negócios, onde todas se ajudam. Depois que entrei na Rede de Mulheres Empreendedoras sinto que as portas se abriram para mim. E quem tem visão, não pode perder esta oportunidade.

Ednalva Costa, empreendedora de sucesso, fala sobre a sua experiência de 27 anos no mercado

Graduada em Administração de Empresas, pós-graduada em Economia Financeira e Direito e Processo do Trabalho. Esta é Ednalva Costa, sócia da empresa REV Distribuidora de Peças Automotivas, que integra a Rede Mulheres Empreendedoras PI. Há mais de 20 anos no segmento, Ednalva contou para a gente como foi o início da sua empresa sem um plano de negócios e também deu dicas para os empreendedores que estão entrando agora no mercado.

Para alcançar o sucesso, contar com estas dicas e as experiências de empreendedores que já conhecem o mercado são muito importantes. Confira a seguir, a entrevista na íntegra:

1- A REV distribuidora existe há 27 anos. Como foi o início da empresa?

R- Em todo início de empreendimento há adversidades.  E com a abertura da REV, não foi diferente. Uma das maiores dificuldades foi a falta de um plano de negócio, fato esse de suma importância e indispensável para iniciar uma empresa. Houve ainda a escassez de capital de giro, que se formos nos ater a fatos históricos dos grandes empresários brasileiros, poucos seguiram o ideal para se construir um empreendimento, devido à sua própria cultura, mas que obtiveram êxito, acreditando na capacidade e, de certa forma, correndo o risco de ir à falência precocemente.

2- Com tantos anos de experiência, o que você aprendeu de mais importante que pode repassar para os empreendedores que estão começando agora?

R- Inicialmente, a construção de qualquer negócio requer gostar daquilo que se propõe a fazer. Posso ter um excelente planejamento, mas se ele não for aplicável à realidade do empreendimento, o êxito será inexistente. Sem falar que para liderar as relações entre os colaboradores devemos acompanhar cada processo de forma individualizada a fim de que àqueles possam desenvolver suas atividades com mais eficácia.

3- Hoje, na REV, quais os serviços que vocês oferecem e qual o público alvo?

R- Oferecemos as melhores marcas de peças para toda linha automotiva que são destinados, principalmente: lojistas de peças automotivas; centros automotivos; empresas de transportes; frotistas; postos de combustíveis e clientes, em geral, de diversas marcas de veículos.

4- Diante da consolidação da empresa no mercado, quais os planos para o futuro?

R- Diversos. Em breve estaremos inaugurando um novo empreendimento: Posto de Combustível, na Zona Sul.

5- Por fim, como você descreve a sua experiência na Rede Mulheres Empreendedoras PI?

 R- Vejo como uma oportunidade de crescimento tanto profissional quanto pessoal.

 

Rede Social 01/04

reuniao-da-nossa-rede-mempiAconteceu nesta quinta-feira, 30 de março, a II Reunião do Clube de Negócios da Rede Mulheres Empreendedoras PI, no Dom Cafetero, localizado no bairro Ininga. O encontro contou com a participação de Fernanda Gondim, fundadora da Rede, Flávia Raquel, gerente da Rede e algumas integrantes deste clube de Negócios de sucesso, como: Iza Beatriz, Renata Mendes, Jéssica Ribeiro, Aline Pessoa e Olívia Cristina. Uma das nossas empresas parceiras, a Wcarnes, patrocinou dois espumantes para este momento. Um foi utilizado para um brinde de sucesso e o outro foi sorteado, assim como uma caixa de doces diversos oferecida pela Casa do Brigadeiro, também parceira da Rede. A reunião foi muito agradável e produtiva.

aline-maquiandoAline Pessoa, maquiadora e mais nova integrante do nosso Clube de Negócios, participou, nesta semana, de um ensaio de noivas em parceria com a loja Leila Noivas, Pétalas Floricultura, fotógrafo Chad Salles e Laise Almeida Beauty. Parabéns, Aline! Amamos a make para noivas!

workshop-da-madalenaSábado passado, 25 de março, o Studio Madalena Carcará promoveu o workshop “Pompoarismo Avançado”, com posturas do Kama Sutra e com o objetivo de melhorar a saúde e a vida sexual das mulheres. O pompoarismo é uma técnica milenar que transforma mulheres em deusas. Para completar, Madalena, que integra a Rede Mulheres Empreendedoras PI, também falou sobre os diversos motivos que diminuem o desempenho sexual feminino. Não é à toa que o workshop foi um verdadeiro sucesso!

Rede Social – 02/06

Rafaella Fernandes, consultora financeira e integrante da Rede Mulheres Empreendedoras PI, realizando palestra “Mentalidade para Sucesso Financeiro”.
Nailsa Sousa, estréia no @portalmempi falando sobre Ansiedade Generalizada.
Monise Ibiapino, consultora empresarial, realizando a palestra “Custumer Experience: Como empreender no atendimento ao cliente”, no evento De Mulher Para Toda Mulher.
Marcela Nogueira, apresentando a UNINTER EAD Teresina, no evento De Mulher Para Toda Mulher, realizado no dia 26/05, na Microserv Home Office.
Rede Mulheres Empreendedoras e a Lá Trufel , doam super torta para as pacientes da Fundação Maria Carvalho Santos .

Rede Mulheres Empreendedoras PI estará presente no maior evento de empreendedorismo feminino “DE MULHER PARA TODA MULHER”

O evento “DE MULHER PARA TODA MULHER”, realizado pelo Portal Mulheres Empreendedoras PI, promete ser um sucesso no próximo sábado, dia 20 de maio, no Auditório Caneleiro – Uninovafapi. De 8h às 14h, empreendedoras ou mulheres que desejam empreender vão conhecer um mundo de possibilidades. Além deste público, o time de sucesso que integra a Rede Mulheres Empreendedoras PI, nosso Clube de Negócios Feminino, também estará presente e é um dos patrocinadores deste grande dia.

A Rede, além de contemplar toda a programação do evento – palestras, talk shows, cases de sucesso e muito networking – vai poder multiplicar seus negócios através da ação estratégica de cada uma: entrega de panfletos e cartões de visita, uso de camisetas com as suas respectivas logomarcas, diálogos com possíveis clientes, ou seja, todos que irão prestigiar o evento, dentre outras ações.

Mirelle Monte, advogada, sócia do escritório “Soares, Reis & Monte” e integrante da Rede Mulheres Empreendedoras PI, está patrocinando o evento e comenta que ele será um divisor de águas no empreendedorismo piauiense! “Vai ser a partir dele que as mulheres vão poder se conhecer, estreitar laços e trocar experiências. Então, minhas expectativas são as melhores possíveis. Além disso, o evento está unindo o melhor dos dois lados da mulher atual: o networking e o entretenimento”, comenta.

escritorioA advogada acrescenta que este dia será uma excelente oportunidade de conhecer mulheres de força, empreendedoras e, se possível, ajudá-las a expandir ainda mais os negócios. Para isso, o escritório “Soares, Reis & Monte” está preparando, com muito carinho, um lounge voltado para essas mulheres guerreiras. “Para ajudá-las, vamos tirar as dúvidas jurídicas que elas tenham. O objetivo é que possamos dar dicas simples e diretas do que elas podem fazer para solucionar algum eventual problema. Além disso, tenho a honra de dizer que lá também vai ser lançado o site do escritório, voltado para ajudar ainda mais nossos clientes. Em resumo, nosso lounge e o evento todo vão ser sucesso absoluto, uma oportunidade única para as empreendedoras se divertirem ao mesmo tempo que fazem networking. Esse é o Portal e essa é a Rede: crescer juntas, com lealdade, amizade e parceria”, conclui Mirelle.

Além do escritório “Soares, Reis & Monte – Sociedade de Advogados”, as demais empresas parceiras que integram a Rede Mulheres Empreendedoras PI são estas: Caiena Beach, Your Store, Carolinne Parentes Arquitetura, Natacha Maranhão Assessoria e Mídias Sociais, WCarnes Prime, Marina Borges Nutricionista, Coset, Fancool, Cortinas Tatiana, Casa do Brigadeiro, Casa das Molas O Dedé, Posto de Molas São Francisco, Madalena Carcará, CPJEX, Delícias do Chef, Noivinha Romântica, Fonotrate Serviços de Saúde, Adri Arts, Madeireira Tamakavi, Madeireira Mafrense, Aline Pessoa Make Up, Polpas de Frutas Rio Grande, REV Peças Automotivas, Graficasa, Tempero Caseiro, Life Saúde Integrada, Nici Ibiapina Arquitetura, Líderes Treinamento e Consultoria, Clínica Fisiocenter, Sileli Santiago Psicologia e Psicopedagogia, Cantando o Amor, Charmosas Moda Feminina, Desenvolver Soluções Empresariais e Instituto Aprendiz Sem Fronteiras.

Com tantas oportunidades e estratégias criadas para o evento “DE MULHER PARA TODA MULHER”, temos a certeza de que ele já é e será mais ainda um sucesso. Aproveite e garanta seu ingresso! Posto de Vendas: Microserv Store – Av. Nossa Sra. de Fátima, 789.

Rede Social – 26/05

Monise Ibiapino, consultora empresarial também na área de Customer Experience, realizando mais um treinamento e gestão de equipe.
#Gestaodepessoas #treinamentodeequipe #altaperformace #resultadopositivo
Rafaella Fernandes, coaching financeira, ministrando o treinamento” Como Organizar Minhas Finanças”
Ângela Bastos, da Fisiocenter homenageando sua paciente Tamara, por seu aniversário. #felicidades #fisiocenter

Bioestimulação que rejuvenesce – por Jordania Fenelon

Olá! Na coluna dessa semana, trago, de forma simples, esclarecimentos sobre uma dúvida muito corriqueira nos consultórios quando o assunto é bioestimulação: Sculptra ou Radiesse?

Rosto firme, com harmonia e aparência jovial são os maiores anseios e expectativas de quem procura serviços estéticos avançados. E nós profissionais da área estamos apostando em procedimentos que vão além do botox e dos preenchimentos (não é que esses tratamentos mais conhecidos foram substituídos, mas cada um tem sua finalidade e podem até complementar os resultados. Ok?) A aposta é nos bioestimuladores! Como sabem, o colágeno é um dos maiores responsáveis pela firmeza da pele. Assim, esses ativos estimulam a produção do colágeno, por meio de uma reação inflamatória controlada, que ativam a produção de novas fibras, promovendo um efeito rejuvenescedor, com resultado natural, progressivo e bastante duradouro. Tudo de bom, não é?

O destaque vai para dois queridinhos conhecidos pelos nomes comerciais de Sculptra e de Radiesse.

Sculptra
Na verdade, a substância ativa se chama Ácido Polilático. Quando injetado sob a pele, melhora o contorno facial e corporal e suaviza as rugas e as marcas de expressão. Essa maravilha não é um preenchedor, mas, com o seu efeito de firmeza, pode também resultar em um leve volume. No rosto, é indicado para áreas com pouca expressão facial, para dar firmeza e, consequentemente, sustentação. No corpo, costuma fazer mais sucesso no combate à flacidez dos braços, coxas, glúteos e abdômen.

Radiesse
Radiesse é um nome comercial de uma substância chamada Hidroxiapatita de Cálcio. Esse queridinho, além do efeito de preenchimento instantâneo, estimula a produção natural de colágeno, atuando, dessa forma, na firmeza e elasticidade da pele. A Hidroxiapatita de Cálcio é indicada para suavizar rugas e marcas de expressão. Além do uso facial, é utilizada também para tratamento nas mãos, repondo volume e disfarçando a projeção dos tendões, no pescoço e no colo, melhorando a aparência “engelhada” da área e diminuindo a flacidez local.

O efeito gerado por meio dessas substâncias biestimuladoras varia conforme a capacidade de cada indivíduo de produzir colágeno, mas, em geral, a estimulação é efetiva por até entre 1 ano e meio e 2 anos, quando há necessidade de nova avaliação, planejamento e aplicação.

Rede Social 25/03

  • iza-beatrizA empreendedora Iza Beatriz participou de uma capacitação promovida pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) e voltou cheia de novidades. O Curso PROFESSIONAL & LIFE COACH aconteceu entre os dias 16 e 19 deste mês.

O coaching é um processo que visa auxiliar alguém a sair do estado em que se encontra e levá-lo para onde deseja ir, de forma rápida e eficaz. Isso proporciona o aumento da auto confiança do indivíduo viabilizando a quebra de barreiras limitadoras e potencializando suas qualidades para que alcance as metas estabelecidas de forma satisfatória.

carolinne-parentes

Parabéns para a arquiteta Carolinne Parentes, que nesta semana tornou-se Especialista em Design de Interiores – Ambientação e Produção do Espaço. Na foto, ela e Lorí Crizel – arquiteto e coordenador do curso.

Muito sucesso para você!

marina-borgesA nutricionista Marina Borges, até o começo de abril, iniciará as atividades do “Grupo de Emagrecimento” em Santana do Piaui, Picos, Jaicós e logo mais, em Teresina. O objetivo do projeto é ajudar as mulheres a reeducarem os hábitos alimentares motivando-as com o grupo para que consigam alcançar as metas de uma forma prazerosa. A mudança de hábitos gradual, sem restrições, possui o intuito de promover o emagrecimento saudável, seguro e feliz, e ainda com muito mais chances de ser permanente!

rackel-meneses-2

Nesta semana, Rackel Meneses, colunista do @portalmempi e integrante da Rede Mulheres Empreendedoras PI, lançou o seu blog recheado de informações sobre moda, beleza, saúde, viagens, decoração e muito mais. Parabéns, linda! Vale a pena conferir! Acesse: www.rackelmeneses.com