Ex-PM lança franquia que vende maquiagens a R$ 10 em shopping centers

209

Um quiosque que vende diversos itens de maquiagem, de marcas conhecidas, como Jasmyne, Max Love e Ruby Rose, a R$ 10 cada. Essa é a proposta da franquia Espaço Make, que foi desenvolvida pela empreendedora Kelly Nogueiraem 2020 e já tem cinco unidades em funcionamento. Agora, a também dona do Espaço Nails by Kelly Nogueira projeta abrir 30 unidades de cada negócio até o fim de 2021.

A ideia da Espaço Make surgiu na primeira fase da quarentena, entre abril e julho. Com a restrição de funcionamento dos shopping centers para conter a disseminação do novo coronavírus, Nogueira viu todas as lojas do Espaço Nails serem fechadas, sem perspectiva de retorno. Ela previa que, mesmo na reabertura, ainda seria um desafio reerguer as contas, pois os serviços de alongamento de unhas talvez não fossem a prioridade da consumidora no momento. “Em alguns momentos eu entrei em desespero, por achar que não conseguiria passar por essa crise.”

A empreendedora conta que o momento de isolamento a ajudou a refletir sobre a motivação da criação da primeira marca, a Espaço Nails, que seria uma forma de libertação e também de empoderamento e autoestima para outras mulheres. Considerando o período de pandemia, que favoreceria mais a venda de produtos do que a prestação de serviços, ela concebeu a Espaço Make.

A ideia de Nogueira era criar um negócio que fosse atrativo pela variedade de itens e pelo preço. Dessa forma, precisou calcular, desde o início, os custos da operação, para que o negócio se tornasse viável. A empreendedora conseguiu contato com fornecedoras, por meio de parceiros comerciais, e identificou o lucro que poderia ter sobre cada item vendido. Com o preço único, alguns compensariam outros.

A primeira unidade da Espaço Make foi inaugurada no Shopping SPMarket, na zona sul de São Paulo, logo após a reabertura da lojas, em meados de agosto. O período coincidiu com a recuperação expressiva das franquias que compõem o segmento de Saúde, Beleza e Bem-Estar, segundo a Associação Brasileira de Franchsing (ABF). No terceiro trimestre (julho, agosto e setembro), o nicho cresceu 9,9% em relação ao mesmo período do ano anterior. Em média, o setor como um todo sofreu queda de 6,9%.

O segredo da Espaço Make é o tíquete médio, influenciado pelo volume de vendas. “A cliente não tinha opção de maquiagem a preço único de R$ 10 no shopping. Quando se depara com um estoque de centenas de produtos, fica encantada. Ninguém compra só um batom, sempre leva um blush e mais alguma coisinha para presentear.” De acordo com ela, a compra média por consumidor tem sido de cerca de R$ 100.

A primeira fase de expansão será apenas por quiosques, que oferecem custos de ocupação mais baixos. No entanto, a empreendedora adianta que já há negociação para uma loja em Guarulhos, em São Paulo, e ela pretende, no futuro, lançar coleções Premium, com produtos entre R$ 15 e R$ 20 para comportar esse modelo maior de operação.

https://revistapegn.globo.com/Franquias/noticia/2021/01/ex-pm-lanca-franquia-que-vende-maquiagens-r-10-em-shopping-centers.html

Deixe o seu comentário