COMO SABER SE ESTOU DIANTE DE UMA IDEIA OU UMA OPORTUNIDADE PARA EMPREENDER?

189

Saber diferenciar ideia de oportunidade é vital para atividade empreendedora.  É preciso destacar que nem sempre uma boa ideia transforma-se em uma boa oportunidade de negócio.

A ideia tem como fonte geradora a criatividade. Não surge de maneira ensaiada, é livre e sem comprometimento.  Exemplo: a ideia não analisa um panorama econômico, social e político. Ela não precisa, necessariamente, ser algo inédito, surge com muita frequência em algo que já existe no mercado.

Thoughtful woman with an idea

A oportunidade, esta sim precisa ser identificada, analisada e calculada no tocante das chances de sucesso.  Suponha que um empreendedor queira lançar um novo produto ou mesmo iniciar um novo negócio, a sua ideia foi considerada genial, entretanto, não oportuna. Ele precisará de algumas ferramentas que o indicarão a real oportunidade.  Será uma etapa da atividade empreendedora em que irá se deparar com algumas terminologias, tais como: Plano de Negócio, Plano de Ação, Planejamento, Canvas, Modelo 3m (Timmons) e muitos outros.

A finalidade dessa diferenciação auxilia o empreendedor no momento de pensar a montar o seu próprio negócio. Observe que a correta compreensão da distinção entre ideia e oportunidade está muito aquém da decisão de montar o seu próprio negócio.

O interessante é que, caso você deseje iniciar um negócio empresarial, não precisa ter ideias de genialidades empreendedoras, mas sim de uma acurada percepção do ambiente que o rodeia, pois é nele que está inserido o mercado.

E agora, sente-se apto a sair da sua zona de conforto e galgar negócios de sucesso?

Convido você, leitor(a), a acompanhar esta coluna semanalmente, onde encontrará informações que agregarão valor ao seu negócio empresarial.

NARA CRONEMBERGER GUIMARÃES CARVALHO, graduada em Administração, Direito e Filosofia. Pós-graduada em Gestão Empresarial. Consultoria em Gestão Legal e Empresarial. Advogada-docente.

Deixe o seu comentário