Um olhar sobre a feira de móveis de Milão – por Edna Paiva e Carla Paiva

706
Imagem: Marília Veiga

Isaloni é o Salão Internacional do Móvel de Milão, que acontece desde 1961, em abril, no Parque de Exposições Fairgroundes Rho.  Atualmente, ocupa uma área de quase 230 mil metros quadrados e conta com a participação de 2.500 empresas.

A feira tornou-se referência mundial para o setor de móveis domésticos.

Destinada a impulsionar o setor de móveis italianos e acessórios de decoração no mercado de exportação, ela lança tendências de cores, que vai do verde garrafa ao amarelo e tons terrosos. Traz também muito couro e variedades de materiais, com destaque especial para o setor da tecnologia.

O evento faz da cidade o centro das atenções para as pessoas aficionadas e para os profissionais do mundo da arquitetura e design. Sendo a maior feira do gênero do mundo, cada esquina da cidade transforma-se em um espaço de exposição.

De Palazzos escondidos às vitrines das lojas de modas, de Brera à Triennale, da  Via Tortona, uma das ruas mais badaladas onde ocorre a feira,  ao  Corso Como. O evento está em todo lugar e é extensa a lista de paradas obrigatórias.

A edição de 2017 tem a novíssima Fondazione Prada, além do Museo Dele Culture, atraindo mais de 300.000 visitantes e profissionais de 165 países. A exposição apresenta os mais recentes lançamentos em mobiliário e designers de mobiliário.

A tecnologia dominou o design da 56º edição,  que ocorreu este ano. A iluminação foi um show a parte, a Euroluce apresentou o melhor que o mercado de iluminação tem para oferecer, desde o produto decorativo até iluminotécnicos.

Navegando na internet para produzir esse texto encontrei um artigo que resume o melhor da ISALONI . O texto e imagens a seguir são da Marília Veiga e mostram mais detalhes do evento:

“Uma coisa que deu para notar esse ano foi o uso de cores, tanto no móvel como nas paredes.

Bem, mas a ideia aqui não é só falar e sim mostrar. Então, vamos lá!

Poliform

Já começamos bem! Direto da feira de Milão em RHO. Logo na entrada do pavilhão 5 o primeiro espaço é o da maravilhosa Poliform.
Sempre lotado, não tem como não se deslumbrar com os ambientes sempre bem produzidos, com uma linda iluminação.

O melhor do Salão do Móvel de Milão

Flexform

Seguimos no pavilhão 05 para outro estante que é um dos meus preferidos também. A Flexform é sempre muito constante, ano após ano, em apresentar tendências sempre mantendo seu padrão de design e sofisticação. Não tem como não ficar encantado. Ao mesmo tempo que inova, vemos um padrão  nos detalhes circulares do forro e nos grandes quadros apoiados. Assim como em outros espaço o que muda é a base da cor de uma ano para outro.

Minotti

Ainda na feira, apenas no pavilhão ao lado, está outro estande que é imperdível, o da Minotti. Mais uma vez, se tem a impressão de estar em uma loja e, em alguns lugares, como em uma casa. A construção, mesmo que para um evento de 5 dias, é imponente. Com filas constantes, é um lugar que mostra a essência do design italiano.

Rimadesio

Voltando para o outro lado do pavilhão, existe outro lugar que traz muito design, desta vez para a parte dos armários e portas de correr. A Rimadesio é especializada nisso. Suas portas de vidro são incríveis

Vitra

Pulando para o Pavilhão 20 temos a sempre divertida Vitra. Com seu design clássico, a marca faz em seu espaço grande retângulos com ambientes produzidos. Na Vitra, sempre encontramos um stand com cores neutras deixando os móveis e objetos sobressaírem.  Uma coisa vista em vários espaços foi a presença forte de revestimento em inox. Outra coisa que a Vitra faz muito bem é apresentar seu catálogo de cores.

O melhor do Salão do Movel de Milão

Moroso

Outro lugar que apresentou muitas cores nos móveis foi o espaço da Moroso. O espaço em si estava muito divertido com traços de cores primárias e tramas entre um ambiente e o outro. A própria coleção abusou da combinação de cores.

Kartell

Outro espaço incrível foi a mostra da Kartell. Sempre colorido explorando materiais com plásticos e acrílicos. A exposição com nome ContamiNation fez grande sucesso. Em um espaço muito amplo, a marca expôs grande pallets de madeira contrastando com muitas artes coloridas.

Paola Lenti

Outro lugar imperdível é a exposição da Paola Lenti. Seus móveis são únicos e expostos em forma de arte. O destaque está na forma como a designer trabalha com as tramas e com as cores. Os móveis de área externa são o grande destaque. A forma de apresentar a sua palheta de cores é sempre inusitada!

O melhor do Salão do Movel de Milão

Cassina

A Cassina, famosa loja na Via Durini, também abusou das cores para expor seus desenhos já consagrados, mais uma vez mostrando que a cor veio forte nesse 2017. A loja se transformou em uma espécie de exposição de arte contemporânea. A Cassina se reinventa apresentando novas propostas de cores e tecidos.

B&B Italia
Sua vizinha na Durini, a B&B também muda sua maravilhosa loja somente para o evento. Neste ano, a cor ficou nas divisórias em vidro que separam cada um dos ambientes. Os móveis que usualmente tem cor ficaram mais neutros e com pouca produção, valorizando o design em si. A marca também fez uso de backlights e uma mistura de iluminação.

Moooi

Nos últimos anos, a Moooi tem sido o grande destaque pela maneira inovadora que apresenta seus espaços, fazendo uso de grandes painéis com imagens. Este ano não foi diferente. Muita cor e painéis grandes com fotos de insetos coloridos. A exposição em si é uma obra de arte. Um dos melhores da famosa Via Tortona!”

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas dançando e área interna

Imagens e texto complementar da Marília Veiga.

Gostou? Comente e compartilhe com os amigos! Até a próxima!

Edna Paiva & Carla Linhares

Edna Paiva é formada em Artes Visuais, Pós-Graduada em Design de Interiores, cursando Arquitetura, trabalha na área a mais de 30 anos; e assina a coluna juntamente com sua filha Carla Linhares, estudante de Design de Interiores, e trabalham juntas há um bom tempo.

Deixe o seu comentário