Compulsão Alimentar – por Adrianne Holanda

189

A compulsão alimentar é um distúrbio mental em que a pessoa sente a necessidade de comer, mesmo quando não está com fome, e que não deixa de se alimentar apesar de já estar satisfeita. Pessoas com compulsão alimentar comem grandes quantidades de alimentos em pouco tempo. Durante o episódio de compulsão a pessoa sente perda de controle. Com vergonha dos seus exageros, o compulsivo às vezes come de madrugada ou escondido. 

Causas

Existem alguns problemas que podem favorecer a compulsão alimentar. São eles:

  • Dieta realizada de forma errada: após dietas muito rígidas há o risco da pessoa desenvolver a compulsão alimentar. Muitos especialistas afirmam que estas dietas deixam as pessoas deprimidas e privadas de diversos alimentos e que isso aumenta o desejo por comidas que elas não poderiam comer. Além disso, estudos apontam que as dietas muito rígidas levam ao impulso por comer, sentimento de desânimo e incapacidade de parar de comer quando saciado

  • Comer por conforto emocional: Estudos apontam que pessoas que comem de forma compulsiva normalmente tem as mudanças emocionais como gatilho

  • Estresse: A compulsão alimentar pode ser uma maneira da pessoa lidar com o estresse

  • Problemas com a imagem corporal: Pessoas com compulsão alimentar normalmente não gostam de sua aparência. Elas constantemente acham que deveriam comer menos, mesmo que não consigam fazer algo a respeito disso. A consequência da pessoa se sentir constantemente gorda e com medo de ganhar mais peso são constantes tentativas de compensar com dietas malucas, passando fome, tomando medicamentos para emagrecer, entre outros e isso pode levar a problemas ainda piores

  • Problemas emocionais mais graves: Casos de compulsão alimentar associados a outras práticas como vomitar após comer ou ingerir laxantes podem estar ligados a traumas no passado como abuso sexual, negligência, entre outros.

Resultado de imagem para compulsão alimentar o que é

Fatores de risco

A compulsão alimentar afeta homens e mulheres de todas as idades. Alguns fatores de risco são:

  • A maioria das pessoas começa a comer compulsivamente após um período de dieta

  • A maioria das pessoas tem dificuldade em expressar suas necessidades

  • A maioria das pessoas tem baixa autoestima

  • Estar mais exposto a possíveis comentários externos sobre seu corpo, peso e alimentação, como um atleta de elite.

Resultado de imagem para compulsão alimentar o que é

Consequências:


    A principal complicação da compulsão alimentar é a obesidade – uma doença caracterizada pelo acúmulo de gordura no corpo que traz sérias consequências como doenças crônicas ( hipertensão arterial, diabetes, problemas cardíacos, dislipidemias, câncer, problemas renais, entre outros). A obesidade pode levar o paciente à morte.

     Além da obesidade, a compulsão alimentar pode levar a transtornos alimentares como anorexia nervosa, bulimia e outros.

 

Tratamento


    O tratamento da compulsão alimentar requer uma equipe multidisciplinar especializada incluindo Nutricionista, Psicólogo, Educador Físico entre outros,  para que a doença possa ser tratada em sua total complexidade. No tratamento, há o incentivo de mudança de comportamento e de estilo de vida, reeducação alimentar e prática de exercícios.

Até a próxima!

Adrianne Holanda

Graduada em Ciências Contábeis; Graduada em Nutrição; Pós Graduanda em Nutrição Clínica, Estética e Funcional; Pós graduanda em Nutrição Oncológica.

Deixe o seu comentário