Dieta Detox: O que você precisa saber!  – por Geórgia Alencar

178

As dietas Detox vem ganhando cada vez mais visibilidade ao longo dos anos, devido ao seu potencial antioxidante e, principalmente, ao resultado rápido sobre a composição corporal. Esse tipo de dieta consiste em receitas que desintoxicam o organismo, dessa forma, é possível perder peso e desinchar o abdômen. Vale lembrar que esse inchaço pode ser confundido com os quilinhos a mais, que ficam acumulados na região do abdômen. No entanto, não se pode abusar das receitas detox, pois por mais que possuam benefícios para a saúde, também podem causar malefícios quando realizadas de maneira exagerada e sem acompanhamento nutricional adequado.

Essa prática é bastante recomendada depois dos excessos ou alimentação inadequada do fim de semana, mas algumas das suas recomendações podem ser adaptadas para o dia a dia. Uma dieta detox que se baseia em sopas, chás e sucos não são nada adequadas para a saúde se realizadas por muito tempo. Pois, mesmo quem precisa emagrecer deve ingerir quantidades suficientes de todos os nutrientes como carboidratos, proteínas e boas gorduras.

As estratégias Detox se baseiam em preparações com frutas e legumes ou verduras e as combinações podem ser das mais diversas, privilegiando sempre frutas ácidas e ingredientes termogênicos. A razão é que os vegetais são os principais aliados na diminuição da retenção de líquidos, inclusive, os mais ricos em água. Dessa forma, os sucos detox ajudam a reduzir o inchaço.

Por mais que os sucos detox sejam mais saudáveis, é fundamental comer as frutas e os legumes e verduras inteiras. Isso porque ao fazer suco com eles, a quantidade de fibras da receita é reduzida. A fibra desses alimentos é essencial para o organismo, inclusive, para o bom trato intestinal e nada melhor do que ele estar funcionando bem para desintoxicar o corpo. Além disso, as verduras podem ser cozidas apenas no vapor da água para que os seus nutrientes não sejam perdidos e quando puder comê-los crus, melhor.

É interessante abordar que a dieta detox não deve ser feita por tempo indeterminado, devido a não ser completa em macronutrientes, o que pode acarretar em indisposição, fraqueza e até queda da imunidade, cabelo e fragilidade das unhas se feita por um tempo muito longo. Além de apostar nas dicas para uma alimentação detox, é de extrema necessidade evitar tudo aquilo que causa a intoxicação do seu organismo. Para tanto, é preciso ter bons hábitos, não só alimentares, mas em relação a diferentes aspectos. Quanto à alimentação, o melhor é evitar os alimentos industrializados, além de conservantes, corantes e demais aditivos químicos, eles são ricos em açúcar, gorduras ruins e sal. O sal em excesso é um dos principais responsáveis pela retenção de líquidos. Essa dica vale também para as bebidas, por isso, é melhor reduzir o consumo de bebidas alcoólicas, refringentes, água com sabor, sucos de caixinha e outros.

Lembrando que a dieta Detox possui a finalidade de desintoxicar o organismo, e consequentemente há perca de peso pela diminuição da retenção de líquido. Mas o que vai determinar a perca de gordura corporal é a combinação entre uma boa estratégia alimentar por um tempo correto e a combinação com uma boa rotina de atividade física, uma boa noite de sono e correta hidratação! Fique atento.

Deixe o seu comentário