Treino de Perna: 4 DICAS PARA MELHORAR SEUS RESULTADOS – por Jucianne Guedes

198

1.AMPLITUDE: uma amplitude maior de movimento é mais interessante comparado a uma menor amplitude de movimento. Por isso, antes de exagerar na carga, certifique-se de estar realizando boa amplitude de movimento, além de boa execução e técnica.

2.NÃO INVENTE: os exercícios básicos como agachamento, por exemplo, devem ser realizados no solo e não em cima de bases instáveis como: bolas, plataformas, ou outros acessórios “bonitinhos”. OBS: exercícios nesses acessórios são usados para outros objetivos, como exemplo, um trabalho de propriocepção em cima de um bosu para uma reabilitação de joelho ou tornozelo, entre outros.

3.CARGAS/REPETIÇÕES/INTERVALO: não faça o mesmo treino por muito tempo. Você deve mudar as repetições e cargas, assim como, o tempo de intervalo entre uma série e outra no seu treino. Trabalhe com faixas de repetições como exemplo: 5 a 8, 8 a 12, 12 a 15, 15 a 20 repetições. Intervalo de descanso também deve ser ajustado conforme a faixa de repetições e carga que você está realizado, por isso, mude também os intervalos de descanso (ex: 0’30, 1’00, 1’30).

4.USE MÉTODOS DE TREINO: existem muitos métodos de treinos que são eficientes e podem ajudar a quebrar um platô de treinamento. Novos estímulos são necessários. Alguns exemplos: pirâmide, drop-set, rest-pause, bi-set, além de muitos outros.

Deixe o seu comentário